Minhas sete dicas para o homem desempregado moderno…

unemploymentCom a alta do desemprego e as perspectivas sombrias para os próximos meses no aumento de pessoas sem trabalho fixo, pensei em dar algumas dicas para os desempregados de primeira viagem. Não vou falar de currículo ou como se comportar em uma entrevista. Tem um monte de gente boa fazendo isso por ai. Quero falar da vida real. De como você pode se sentir de agora em diante. Se você é homem e tem mais de 45 anos e ficou desempregado ou está em vias de se tornar um glorioso membro das hostes de desesperados em busca de um emprego, acho que seria prudente ler estas sete dicas que eu darei para evitar que você caia em desgraça criando um inferno mental que não o ajudará em nada a mudar a situação em que, talvez, você se encontre. “O trabalho moderno dignifica o homem, mas o afasta de si mesmo” disse o pensador: eu mesmo 🙂 . Trabalhar em grandes empresas, exercer seus dons e ser remunerado por isso é maravilhoso, mas muitas vezes não é assim que a coisa acontece e esse trabalho maçante impede que o homem centre sua vida no que é verdadeiramente certo e necessário. Mas peço encarecidamente que anime-se e perceba que perder seu “sustento diário” não é motivo de desespero total e sim de redenção, é uma boa chance de saber quem você é de verdade, então vamos lá:

  1. Mantenha a humildade: Naturalmente, o ambiente de trabalho é uma zona de guerra e não zona de conforto. Você sabe disso, e esse foi seu ambiente durante décadas. Certamente você, enquanto dono de um cargo, seja ele de primeiro escalão ou não, fez de tudo para não perdê-lo e provavelmente usou muitas vezes da soberba e da política para não ser defenestrado. Mas infelizmente, essas técnicas não deram muito certo e a realidade agora é outra. Então, prepare-se para fazer coisas que jamais imaginou, uma delas é ser muito humilde. Fatalmente você aprenderá que a sua casa não se limpa sozinha, que a louça não se lava sozinha e que o arroz não vai para panela como se fosse uma cena de Harry Potter. Aprenda a lavar, cozinhar (no dia a dia e não na varanda gourmet) e passar roupas, esticar a cama, manter o banheiro sem pelos ou com a borda da privada sem gotículas de urina. Arrumar a cama e varrer o chão da casa e limpar o banheiro são tarefas que farão de você um novo homem. Ter sua empregada domestica agora é coisa do passado. Eu posso te garantir, não há lugar melhor para meditar, para pensar nos erros e acertos de sua vida que em frente a uma pia de cozinha cheia de louça.(Você acha que eu elaborei este texto aonde?). Use seu conhecimento em gestão de tarefas, administração do tempo e prioridades para que os serviços da casa, que estão sob sua responsabilidade jamais se acumule. Eventualmente, peça ajuda a seus amigos, não com a louça, como eu já disse ela é de sua responsabilidade, mas com dicas de vagas de empregos. Mas entenda que eles também estão se borrando de medo de perder o emprego deles e fatalmente você terá dificuldades em conseguir contato, mas não os interprete mal caso eles não retornem suas ligações ou seus pedidos.
  2. Agora é a hora de se aproximar de seus filhos: Entenda que agora, desempregado, você terá muito tempo para olhar para seus filhos e sua família de uma forma mais humana. Se a desculpa para não se relacionar com eles de verdade era o trabalho e o dinheiro que era necessário ganhar para pagar os caprichos deles para compensar sua ausência, agora você terá tempo mais que suficiente para estabelecer uma relação entre pai e filhos de verdade. Você notará a felicidade deles em ter você sempre por perto. Aproveite para brincar, contar historias, ajudar nos estudos e você descobrirá o quanto é afortunado em ter filhos. Muitos alunos meus, que tem um histórico de péssimo desempenho na escola, frequentemente me relatam uma tristeza e um profundo distanciamento de seus pais. Reclamam que só conversam com eles na hora de mostrar um boletim escolar e geralmente são cobranças duras que recebem. Relacionando-se diretamente com seus filhos por mais tempo, você entenderá rapidamente que seus filhos não querem saber se você é importante, se está desempregado, qual o seu cargo ou salário, mas sim querem desesperadamente saber se você os ama incondicionalmente. Eles só querem o seu amor verdadeiro. Todo o resto é secundário.
  3. Respeite ainda mais sua esposa: O casamento jamais poderia ser afetado por causa do desemprego ou dinheiro. Uma coisa é sua vida profissional e financeira (que um dia acaba), outra sua vida familiar e o amor que dela emana (e que é eterno). Tudo bem, eu sei que sem trabalho, nada de grana e isso complica tudo na vida familiar. Mas, sei também que você foi sábio e tem muitas economias. Então, use essas economias com sabedoria, pois nunca se sabe quão grande é o deserto que teremos que atravessar. Se sua esposa trabalha, entenda que ela se tornou a provedora do lar e isso não tem nada de errado. Agora é a hora de colocar todo o amor de vocês à prova. Ela terá que gerir as contas da casa e as finanças. Use isso para a união de vocês ainda mais. Seja solícito e a ajude em tudo que você puder. Principalmente sendo super eficiente na dica número 1 para não transformar o seu lar em uma zona de guerra. Nosso problema é que nossas mães não nos ensinaram, (nós homens), a limpar banheiros e tudo mais, (elas até tentaram), mas entenda que isso é, na verdade, uma tarefa bem simples. Siga TODAS as orientações de sua esposa caso venha a desempenhar essas ou outras funções relacionadas com a gestão da limpeza da casa. Cuidado, a casa é o território delas.
  4. Empreenda: Vamos falar em ganhar dinheiro? Pois é, chegou a hora de colocar seus sonhos em prática. Tenho certeza que muitas vezes você sonhou em ter seu próprio negócio, mandar todos à merda quando foi eventualmente confrontado por colegas ou chefes no trabalho. Sua grande chance chegou sem que você quisesse. Empreender não significa fazer qualquer coisa que te dê dinheiro. É mais difícil do que isso. Significa SER mais do que você foi em toda sua vida profissional trabalhando em uma grande corporação. Na primeira vez que eu empreendi, comecei achando que meu cabedal de conhecimentos me ajudaria e não deu certo. Tive que me reinventar. Agora estou começando do zero novamente, mas fazendo o que amo, mesmo sendo bem complicado isso. Empreender é uma jornada árdua e que muitos desistem na primeira dificuldade. Procurar uma nova posição no mercado é também empreender e tem suas dificuldades. Exige dedicação extrema. Tenha em mente que ter dedicação ao que você ama é mais prazeroso do que você imagina. Aproveite todo o tempo que tem sozinho em casa para empreender seu processo de auto conhecimento. Leia todos os livros que puder, estude muito, mantenha uma rede de contatos que você consiga gerenciar e trabalhe. Muito! A idade e experiência são importantes mas atrapalham bastante na hora de se recolocar, mas, de verdade, não são impeditivo para nada. Se você tem mais de 50 anos deverá entender que será muito difícil conseguir se recolocar facilmente com as mesmas condições de antes. Se você contribuiu por mais de 35 anos para a previdência, pense friamente em todas as alternativas, inclusive aposentadoria, mas sem deixar de trabalhar de forma remunerada. Tenha em mente que vivemos em um país dominado pelas hordas esquerdistas (somos um país socialista/comunista e eles fazem de tudo para que você não perceba isso) onde o Estado é o senhor absoluto de tudo. Não há muita liberdade econômica. Ele, o Estado, interfere na vida do cidadão comum desde o empreendedorismo, no seu lazer, nos seus investimentos, nos impostos que paga e até na sua aposentadoria. Portanto, todo cuidado é pouco, quando se trata do poder Estatal e seus tentáculos poderosos no momento que resolver empreender. Afinal, você pode estar desempregado por conta e vontade do Estado. Ahhh e não se esqueça, é hora de desapegar. Aproveite, faça um inventário de tudo que não te serve mais e venda.
  5. Aprenda a servir: Ser líder em empresas ou projetos é algo que aprendemos. Quando estamos fora do ambiente corporativo, longe de suas regras e etiquetas, vemos que muito do que aprendemos na dura vida empresarial, às vezes não servem para muita coisa quando estamos em casa lidando com familiares ou amigos. Uma das coisas mais importantes que aprendi nesta fase longe de empresas foi servir as pessoas e ajudá-las a atingir seus objetivos. Estar sempre pronto para ajudar as pessoas a concluírem suas tarefas. Levantar mais cedo que todo mundo e deixar a casa pronta para o dia, preparar e servir o café do jeito que todos gostam, fazer o almoço, pensar no cardápio do jantar. Antecipar as soluções de problemas, ou não criar problemas aonde não existem, ajudar seus filhos a atingirem suas metas e perceber a evolução deles e o quanto ficam felizes com sua ajuda, são lições extremamente úteis para se aplicar no mundo empresarial caso você volte a ele como líder. Só consegui ser um líder servidor de verdade quando me vi desempregado. Hoje, não vejo problema algum em executar qualquer tarefa cujo o objetivo é servir qualquer pessoa com excelência e alegria.
  6. Procure se divertir de verdade e jamais se esqueça de Deus: Faça o que gosta. Eu, por exemplo, gosto de ler e estudar. Por isso, já fiz vários cursos e li mais livros nos últimos 6 meses que nos 10 anos em que estive trabalhando em uma multinacional. Participo de grupos de fotografia contemplativa, fotografo minha realidade, estou escrevendo um romance, e sempre que posso, faço viagens curtas e baratas com minha família. Conto histórias para meus filhos. E toda vez que a negatividade e o desânimo tentam voltar aos meus pensamentos, entro em contato com minha espiritualidade, converso com Deus e busco equilíbrio mental para entender a realidade que me cerca. Para isso, o processo de auto conhecimento é importante ( dica 4). Integre-se novamente, afinal o mundo corporativo desintegrou você completamente e você não pode se contentar apenas com os fragmentos do seu SER. Una seu corpo, seu coração, sua mente e seu espírito, e garanto que a travessia do seu deserto será melhor. Tudo isso te dará mais sabedoria e energia para chegar ao seu oásis. Afinal, todos nós sabemos que a vida é feita de desertos e oásis e empreender viagens entre eles faz parte desta vida.
  7. Cuide da sua saúde: Ouça os conselhos sobre sua saúde de sua esposa que te ama. Homens detestam cuidar da saúde. Vá ao médico, mantenha seus exames em dia, pratique exercícios físicos e se alimente bem. Tome vinho, beba cerveja, mas sem exageros. Saia com amigos e mantenha sua rede de contatos mais próxima sempre ativa. Tenha paciência, afinal, pressa pra que? Sabemos perfeitamente onde tudo isso vai acabar, portanto, até lá, vamos procurar ter uma vida boa ao nosso modo em busca da felicidade ao lado daqueles que nos amam de verdade.
Anúncios